Slackware: adoção do MariaDB

Seguindo o movimento de adoção do MariaDB como padrão, chegou a vez do Slackware, a distribuição Linux mais antiga em atividade e a mais purista de todas.

Retirado e traduzido hoje do Slackware -current ChangeLog:

A grande novidade aqui é a remoção do MySQL em favor do MariaDB. Isto não deveria ser uma surpresa em qualquer nível. Uma pesquisa de opinião no LQ mostrou que a grande maioria dos nossos usuários eram a favor da mudança. Acredito que a MariaDB Foundation fará um melhor trabalho com o código, será mais responsiva sobre a segurança e estará mais disposta a trabalhar com a comunidade open source. E enquanto não acho que haja atualmente nenhum problema de licenciamento com a versão comunitária do MySQL para uso comercial, muitas discussões no LQ mostram que há uma confusão sobre isso, aos mesmo tempo que a liberdade do MariaDB para uso do software é bem clara. Agradecimentos para Heinz Wiesinger pelo seu trabalho de transição do build script, teste e nos deixando informados sobre o progresso. Ele vem trabalhando com o MariaDB (e seus desenvolvedores) por vários anos. Vincent Batts também deu uma mão nas discussões iniciais aqui — ele encontrou Daniel Bartholomew do MariaDB em um trem ano passado e pegou uma cópia do código conte para brincar como passatempo no trajeto (ah, o milagre dos pendrives :),  e ficou impressionado não somente com o MariaDB, mas também com as boas vindas que o Slackware estava tendo. Nós esperamos que eles serão bem responsivos para qualquer problema que tenhamos. Numa vasta maioria de situações, MariaDB é totalmente compatível com as bases MySQL existentes e será direto, sem mudanças necessárias. Há um artigo delineando as áreas nas quais o MariaDB difere do MySQL que eu recomendo a leitura:
https://kb.askmonty.org/v/mariadb-versus-mysql-compatibility/
Obrigado à MariaDB Foundation! Estamos ansiosos para trabalhar com vocês.

Para mais informações sobre o MariaDB, visite o site: http://mariadb.org